Viagem

As crianças dão as dicas

Por Priscilla Perlatti

Viajantes mirins contam, a partir de suas experiências, o que é preciso para se viajar bem

As crianças dão as dicas

Viagem com crianças precisa de um certo planejamento. Programas especiais, passeios adequados, lugares interessantes para a faixa etária, acessórios específicos. Bom, isso tudo do ponto de vista dos adultos.

Dessa vez eu achei por bem perguntar para algumas crianças bem viajadas quais seriam as dicas de viagem que elas tinham para oferecer para outros turistas mirins. E recebi como respostas espontâneas verdadeiras pérolas, muito úteis e engraçadas.

  • A Sofia (5) e a Julia (3) moram na Espanha e são filhas da Patricia Monahan do Our Whole Village. Prática, Sofia disse: "Tem que levar roupa. Não pode ir pelado... E passaporte. E depois mostrar pro moço e ficar paradinha pra ele ver a sua cara.Ah, e computador! ” Julia, a caçula, já é mais específica: "Tem que levar mala da princesa Sofia! Ou da Bela. Com comidinhas, água e copo."
  • O Dylan (6) vive nos Estados Unidos e é filho da Claudia Saleh do blog Aprendiz de Viajante. Ele acha que o importante mesmo é levar brinquedos e colocar em uma sacola (que a criança, o pai ou a mãe podem levar), assim eles não se perdem. Deu como o exemplo o Lego: se estiver solto e a criança estiver em um avião e o avião descer, a pecinha de Lego pode ir parar na cabine do piloto!
  • Fã de boas histórias, ele acha que se as crianças quiserem, também podem levar livros sobre vários assuntos. E quando entrarem em um avião, devem se sentar e colocar o cinto de segurança. Ainda faz questão de alertar: em caso de emergência, saibam que há uma almofada embaixo do assento."  
  • O Nicolas (5) e sua irmã a Lily (2), que moram no Canadá e são filhos da ilustradora Luciana Azevedo do Lalelilolu Studios. Ele disse que o que é mais importante para ele nas viagens é "o brinquedo surpresa que eu ganho quando viajamos de avião e ficar vendo as pessoas. Também gosto de levar a Moey comigo." A mãe explica que Moey é a velha boneca de pano que ela fez pra Nicolas quando ele tinha 1 ano e que já visitou 5 países com a família. "Sem dúvida é uma das coisas que mais acalma ele quando vai dormir em lugares diferentes", afirma Luciana, que também perguntou para sua filha mais nova sobre dicas de viagem. "Eu gosto de sentar em outra cadeira" disse Lily, querendo contar que ela gosta de poder sentar num lugar diferente, olhar pela janela do avião, usar cinto - e outras coisas aventureiras. 
  • A casa do Álvaro (4), filho da Francine Agnoletto do blog Viagens que Sonhamos é no Rio Grande do Sul e ele não economizou nas observações: "Eu adoro viajar com a minha família, porque eu brinco muito com meu pai e minha mãe. Quando a gente viaja, tem muitas lojas diferentes e eu adoro comprar brinquedos. Eu amei o museu onde encontrei o maior dinossauro do mundo em Chicago e também a Ilha dos Museus de Berlin, que eu já tinha visto no Doki ( Discovery Kids). A gente pode andar de outras coisas: de avião, navio, de submarino que eu andei no Havaí, e isso é muito legal. Às vezes eu fico com saudades dos meus amigos e do Botas (cachorro) que fica em casa, quando a gente viaja muitos dias, mas eu sempre encontro crianças para brincar."
  • Já as minhas filhas Stella (9) e Lia (6) que moram atualmente em Singapura acham que para viajar bem o indispensável é ter família e milhas. "Não pode esquecer de levar um livro e um bichinho de pelúcia", disse Stella, que sempre faz questão de ter boas companhias. Já a Lia avisa: "Tem que prestar atenção qual é a comida do avião, por que quase sempre é bem ruim."

 

É muito legal ver o que é importante a partir do ponto de vista das próprias crianças. Isso pode dar uma boa pista para os pais pensarem sobre o que realmente chama a atenção dos pequenos e o que a gente acha que pode ser do interesse deles - algumas vezes são coisas bem diferentes - para poder planejar as próximas viagens de modo a acomodar os interesses de toda a família.

 

(Imagem: arquivo pessoal)