Bebês

Desmame noturno

Por Marina Breithaupt

Algumas dicas práticas para quem está passando por essa fase com o bebê

Desmame noturno

Até aqui foram 17 meses de muita livre demanda, ou seja, amamentação livre dia e noite.

Sempre defendi o desmame natural. Vivi isso com a Babi e com Theo, mas com a Mel a coisa estava cada dia mais complicada...

Parece que foi só eu imaginar nosso desmame noturno para que ela se apegasse cada vez mais ao peito. Ela pede para mamar o dia todo se eu deixar e não aceita mamamdeira e nem chupeta, então, o peito é seu melhor amigo.

E eu, que sempre torci muito o nariz para forçar esses processos, me vi adiando isso. Porém, no fundo, já sabia que estava perto do meu limite. A ideia é que ela não mame mais durante a noite e que tenha livre acesso ao peito durante o dia até os 2 anos.

Resolvi começar agora agora, pois imagino que quanto mais eu adiar, mais será difícl para ela entender.

Não é uma decisão fácil, não. Mas aqui estamos, em meio ao processo e com a certeza de que já merecemos uma noite toda de sono, sem interrupções, e de que ela está bem alimentada, não necessitando do meu leite durante esse período.

3 dicas que estão dando certo por aqui:

- Apoio e conversa com o bebê

- Substituição do peito por água ou outro leite

- Evitar situações de mamada

Não entendeu nada ou quer mais detalhes?

Assista ao vídeo que explico tudinho!

Ah! Repetindo: se você tiver alguma dica bacana para compartilhar sobre esse assunto do desmame noturno, compartilhe com a gente, é sempre muito bom poder trocar experiências e juntos podemos ajudar muitas mães e pais que estão passando por esse momento.

Um beijo,

(Foto: Shutterstock.com)